PROVÉRBIOS ÁRABE DO DIA:

"Dança do ventre, é a modalidade de dança que melhor simboliza a essência da criação, onde se agradecia o milagre da vida, louvando, com dança e oração, o prazer, o nascimento e a sensualidade feminina."

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

ESTILO.

                                                                                                   
     
                                                                                                                              Por: Jamal Marzuq

Estilo, bom o nome já diz tudo, não é? Não? Então vamos recorrer ao dicionário para começarmos entender o que é Estilo.
Estilo: uso, costume, hábito, modo, jeito.
Ou seja! Uma coisa própria! Cada um tem seu estilo, uns tem o estilo de andar, outros de falar, outros de se vestir, outros de cantar, outros de dançar, ai chegamos no ponto, “dançar”, é sobre esse estilo que quero falar.
Cada pessoa no mundo é única, assim como nosso DNA (código genético) ele é único em cada ser vivo, não há dois DNAs iguais. Então cada pessoa sendo única tem estilos únicos, e na dança do ventre é assim, cada uma das bailarinas reage de forma diferente aos estímulos musicais, cada uma vive uma emoção diferente, ao iniciar a melodia a bailarina se transporta ao seu mundo intimo que ela cria, ali ela vive suas emoções e coloca pra fora em forma de dança. O estilo de cada bailarina é único dependendo do momento, tem bailarinas que quando estão dançando com o véu tem uma reação, um estilo, pelo contato da seda em seu corpo, ela solta em sua dança uma emoção diferente, quando deixa o véu muda completamente seu estilo, pois passa a sentir em si os estímulos musicais.

Muitas vezes nos prendemos ao estilo da dança, seja clássica, folclórica ou moderna, e não ao da bailarina, pois como já disse a cada musica tocada, cada apresentação a bailarina cria uma coisa única, dependendo do momento que ela esta sentindo, muitas vezes ela deixa a memória de lado e dança sentindo as emoções se soltando nos movimentos. Isso eu chamo de pureza da dança, ali ela esta dançando de verdade, sendo harmônica, sentido e copiando as batidas da musica, ali ela se transporta a 4 mil anos no passado e dança como as mulheres dançavam em culto ao ventre da vida.
Eu particularmente gosto de ver uma dança com a alma, e não coreografadas certinho em cima do estilo e ritmo escolhido, não digo que não é bonito que não é grandioso o trabalho coreografado, sim é lindo, qualquer bela apresentação de dança do ventre, ainda mais quando você vê a seriedade em mostrar uma bela coreografia em cima de um estilo, é o trabalho de anos de estudos sendo mostrado ali, mas eu acho que quando a bailarina entra pra dançar, e ali ela cria tudo no momento, fica mais envolvente, você sente a boa energia que ela esta emanando de si, você compartilha com ela o seu momento, as suas emoções.
Hoje vivemos em um mundo de fusões, se funde dança do ventre com rock, hard rock, pop, ate axé, eu como já disse em um postagem anterior (http://jamalmarzuq.blogspot.com/2011/05/fusao.html), não gosto das fusões, perde-se uma cultura milenar quando se tentar mudar ou tirar algo dela, Ali Baba dizia: Abra-te Sésamo! E se abria a porta de seu esconderijo!
É como se quiséssemos hoje, mudarmos sua famosa frase para uma senha qualquer de 6 dígitos, digitada em um painel na porta da caverna. Chega-se o moderno mas a cultura permanece.
Estilo, que cada uma tenha seu próprio estilo, todas são maravilhosas bailarinas, e fico feliz em saber que no Brasil temos cada vez mais apaixonadas pela dança do ventre e sua cultura, isso se deve as todas vocês, já experientes bailarinas que quando se apresentam com sua luz, faz acender em cada coraçãozinho que as assiste a chama da dança, e traz novas adeptas a nossa amada dança do ventre.
Boa dança a todas.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

BAILA BAILARINA! NUNCA PARE DE BAILAR!




Os braços vagam pelos ares, descem contornando o corpo, passeiam serpenteando, envolventes, cadenciados, rítmicos aloprados.

Bailarina de beleza inigualável no olhar, mostra sua essência quando seu belo sorriso brota em seu rosto, amoroso, meigo, carinhoso.

Bailarina divina da arte explicita em seu corpo, bailarina que baila envolvente sobre o dorso.

Me leva a perder horas vislumbrando seus quadris frenéticos a dançar, bailarina típica egípcia, não há outra em seu lugar, não há outra que seja como você linda, meiga Bailarina é toda feita para encantar.

Quando suas vestes cobrem partes do corpo acompanhando seus movimentos loucos, ora imagino festa nos céus, onde todos os anjos descem para acompanhar os movimentos de seu véu.

Exala de ti floroso perfume, caem de seu corpo gotas do mais puro néctar, ver te bailar é como ver a pureza passeando pela terra, levando amor e paz em todo lugar que passar.

Baila! baila! Não pare de bailar, me leva junto de seu quadril, as batidas do derbak, encantado vendo-o soar e você ao acompanhar, se for um sonho? Me deixe, pois jamais quero dele acordar.

És tu bela Bailarina, bailarina do toque de cristal, que me envolve com sua dança alma, me prende a sua pele alva, e encanta a todos nós, em suas mãos sou um frágil, simples e pobre mortal.

                                                                                                                            Jamal Marzuq

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

FELIZ 2012

                                                                                                         
                                                                                                               Por: Viviane Cristina

Bem! 99% das pessoas costumam dizer! – Deixa pra amanhã!
Mais porque deixar para amanhã? O que se pode fazer hoje!  Amanhã talvez seja tarde.

Então comece a se organizar desde já, falta pouco para o fim do ano, -Nossa passou rápido!
Tantas coisas que você planejou e nem realizou a metade, ou então acontecerão totalmente diferente do que você tinha imaginado, desde um simples corte de cabelo para mudar o visual até a compra de um carro uma casa a conclusão de um curso .
Talvez você veja o ano acabando e se sinta frustrada ao olhar para trás e não enxergar algo grande que tenha planejado aconteceu .
Mais aos seus olhos o que é algo grande? Para a humanidade o que se tornou algo grande?
Hoje em dia é interessante observar que o prazer à alegria da vida ao contrário do que muitos acreditam não está no dinheiro e nem no luxo proporcionado por ele.
A alegria da vida está nas simples coisas , muitas pessoas passam a vida inteira em busca da felicidade e acabam não enxergando que ela está ai bem a sua frente ao alcance de suas mãos .
A alegria da vida é poder ver olhar em sua volta, as pessoas que estão no seu dia a dia ao seu lado e valorizá-las enquanto estão ali , olhe pra elas, talvez a correria do dia a dia não te permite olhar para elas , olhar o céu , olhar um belo jardim , olhar uma criança brincando e ver que você já foi aquela criança.
A alegria da vida é poder sentir ,a correria do dia-a dia, a presença de quem você ama, sentir o calor do sol e o mais importante sentir a presença de Deus que todos os dias está de braços abertos para te receber abençoando um novo dia.
A alegria da vida é poder falar, falar o que você realmente sente a respeito de quem está a sua volta , talvez em seu pensamento você pense: - Ah mais ele já sabe! Fale! Não guarde pra você aquilo que deseja falar a alguém, as palavras são tudo e falar o que sente a uma pessoa que você ama pode mudar completamente seu dia, um simples “Eu te Amo” se torna grande e tem o poder de mudar uma vida , fale comece a falar, não pelo celular, telefone, MSN, Face ou qualquer outro meio de comunicação, mais fale pessoalmente, fale olhando nos olhos, veja e sinta quem está a sua frente sempre .
A alegria da vida é ouvir , talvez você esteja cansado demais para ouvir, ouvir seus pais que morrem de saudades enquanto você esta longe, ta certo! Você cresceu mais eles ainda querem te contar muitas historias antes de dormi, ouvir o seu filho que fez um trabalhinho lindo na escola,  e olha! O assunto do trabalho era você, mais você “cansado” pediu para ele te falar mais tarde, ouvir um amigo que estava precisando demais desabafar com você, mas você se olhando para dentro só viu os seus problemas, a sua dor e não lhe deu atenção. Ouça! Comece a ouvir mais com o coração, com a alma. Ouça os sons da vida, um pássaro cantando ao amanhecer, o vento, o som da chuva, de uma queda d’água o mar, ouça as crianças brincando, você verá uma beleza jamais notada.
Então comece a sentir o gosto, os sons e o cheiro da vida de outra maneira, com outros olhos , com outros sentimentos.
Pense sempre positivo, para afastar o mau de você, e deixar o bem estar tomar conta de si, pense grande, em tudo que deseja realizar, e alem de pensar aja pois o agir te fará ter as conquistas que deseja.  Pensar positivo te torna uma pessoa mais firme, mais forte, mais feliz, deixe fluir do seu interior sempre o melhor para que as coisas boas rodem o seu exterior .
Comece a planejar suas metas para 2012, mas de valor a vida, amizade, bem estar, de valor a você, e assim terá um ano melhor, cuide de você. 

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

PAULA FERNANDES HOMENAGEM AO ORIENTE

A versátil cantora Paula Fernandes em uma apresentação notável da musica Maktub, cantada em portugues ela ate arrisca uns movimentos de dança do ventre no solo do derbak, parabéns Paulinha.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

PREMIO NOBEL DA PAZ É DIVIDIDO ENTRE 3 MULHERES DO ORIENTE MÉDIO


Três mulheres que combatem a injustiça, a ditadura e a violência sexual na Libéria e no Iêmen ganharam o prêmio Nobel da Paz 2011, neste sábado. A cerimônia aconteceu na capital da Noruega. A presidente liberiana Ellen Johnson Sirleaf, sua compatriota Leymah Gbowee e a iemenita Tawakkul Karman receberam seus diplomas e medalhas com muitos aplausos na cidade de Oslo. Segundo o presidente do comitê Thorbjoern Jagland, as três mulheres representam a luta pelos "direitos humanos em geral e das mulheres pela igualdade e paz, em particular."
Desde 2004, nenhuma mulher ou sub-saariana africano tinha ganho o prêmio. Na ocasião, o comitê de honra Wangari Maathai, do Quênia, mobilizou mulheres pobres para combater o desmatamento com plantio de árvores.
Sirleaf foi eleita presidente da Libéria em 2005, depois de ter sido a primeira mulher democraticamente designada à chefia de um país africano, e ganhou a reeleição em outubro.
Aos 39 anos, Gbowee participa de uma longa campanha pelos direitos das mulheres e contra o estupro, desafiando os senhores da guerra da Libéria. Em 2003, ela levou centenas de manifestantes do sexo feminino a fazerem uma "greve de sexo" para exigir o desarmamento rápido de lutadores, que continuam reprimindo as mulheres, apesar de um acordo de paz que deveria ter terminado há 14 anos.
A jornalista Tawakkul Karman, membro do partido islâmico Islah, é a primeira mulher árabe a ganhar o Prêmio Nobel da Paz. Ela também lidera o grupo de direitos humanos das mulheres Jornalistas sem Correntes. Ao escolher Karman, o comitê do prêmio também reconheceu o movimento Primavera árabe defendida por ativistas muitas vezes anônimos da Tunísia para a Síria.
O prêmio Nobel consiste numa medalha de ouro, acompanhada por um diploma e um cheque de 10 milhões de coroas suecas, que corresponde a um milhão de euros. Esse valor será dividido entre elas. Os prêmios Nobel de literatura, química, física, medicina e ciências econômicas também serão entregues neste sábado, em Estocolmo.

domingo, 11 de dezembro de 2011

PRESENTEANDO A BAILARINA


Esta chegando às festas de final de ano..datas em que costumamos presentear amigos, namoradas (os) esposas (os) e parentes. Se você tem uma bailarina de dança do ventre em seu meio de convívio..saiba que presentea-la é fácil.
As bailarinas de DV são apaixonadas pela dança e pela cultura que a envolve, então presenteá-la com artigos de dança do ventre como véus, cintos, espadas, roupas, maquiagem, principalmente Kohl e kajal isso sempre será acertar em cheio na escolha, mas também a outros itens que as agradam, como Narguiles, tapetes orientais, puffs, quadros com motivo árabes, livros sobre cultura árabe e egípcia, estatuas, perfumes, incensos, enfim tudo que ela possa usar na decoração de seu espaço e em si mesma, fica ai a dica a quem for presentear uma bailarina de DV.
Desejo Boas festas a todas.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

DANÇA DO VENTRE NA INTERNET FAZ MULHER “INVALIDA” PERDER A PENSÃO

Uma americana que dizia ser inválida teve a pensão cortada depois que seu ex-marido encontrou fotos suas em um blog dançando dança do ventre, conta o site da BBC. No processo de divórcio, três anos atrás, Brian McGurk foi ordenado a pagar US$ 850 (R$ 1,3 mil) por mês a Dorothy McGurk pela vida toda e ela continuou a viver na propriedade do casal, já que alegava ser incapaz de trabalhar por causa dos ferimentos sofridos durante um acidente de carro em 1997.

Mas após ver fotos da ex-esposa de 43 anos dançando na internet e um blog em que ela dizia fazer dança do ventre "várias horas por dia", ele decidiu levar o caso à Justiça.
A Suprema Corte de Richmond County, em Nova York, decidiu que a pensão agora será de US$ 400 dólares por mês (R$ 630). A casa terá de ser vendida e Brian McGurk terá direito a 60% do valor, porque a ex-esposa teria trabalhado durante apenas dois dos 11 anos de casamento. Além disso, Dorothy terá de pagar todos os custos do ex-marido com advogados.
Após a nova decisão da Justiça, Dorothy McGurk disse à mídia local que ela estava apenas posando com véus nas fotos publicadas em seu blog e não fazendo dança do ventre. "Eu adoraria poder ser uma dançarina do ventre profissional, mas isso é impossível", disse ela ao jornal NY Daily News.
Dorothy McGurk alegou que seu médico havia indicado leves exercícios de dança do ventre como fisioterapia, mas ele desmentiu a declaração em seu depoimento no tribunal.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

OMÃ - UM PAÍS DE RIQUEZAS ÚNICAS.

Omã é um país situado na Arábia, mais especificamente na extremidade oriental da Península Arábica. Capital: Mascate.
O país é constituído por três territórios descontínuos. Os dois territórios menores estão encravados nos Emirados Árabes Unidos, sendo constituídos pelo Enclave de Madha e pela Península de Musandam e territórios adjacentes, no Estreito de Ormuzque separa o Golfo Pérsico do Golfo de Omã. O território maior limita a norte com oGolfo de Omã (do outro lado do qual se estendem as costas do Irão e Paquistão), a leste e sul com o Mar da Arábia e a oeste com o Iémen, com a Arábia Saudita e com os Emirados Árabes Unidos.
Um fascinante País, de lindas praias de aguas límpidas e belissíma arquitetura antiga e moderna, Omã conta com os mais belos hotéis de todo o Oriente Médio, e com o principal porto de entrada dos produtos aos Países Árabes.
Vejam algumas fotos de Omã:

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

A MULHER VERDADEIRA


                                                                                                    Por: Jamal Marzuq

Todas as mulheres são verdadeiras, mesmo as que escolhem gostar do mesmo sexo continuam verdadeiras mulheres, pois todas têm dentro de si algo maravilhoso, tem dentro de si a maquina da vida.
Vejam só que grandiosa é a mulher para o mundo, para os homens. Ela foi gerada de um pedaço do homem, nela tem um pouco de cada um de nós homens, nos foi dada como companheiras para nossa acabar com nossa solidão, pois fomos feitos do barro, sozinhos em um paraíso que não tinha alegria, apesar de ser lindo, o Criador vendo isso tirou de dentro de nós as companheiras e as fez modeladas de forma que se destacavam umas das outras, cada uma com sua particularidade de beleza. E mais, nos deu através delas a forma de ter filhos de povoar a terra com nossos herdeiros, companheiras fiéis, amigas, mães, que cuidam com amor e carinho dos filhos por todo sempre.
Não podia ter outra criatura com tal devoção como a mulher, que quando foi feita teve em si o poder de suportar as dores que o mundo lhes traria, mas nunca amoleceriam. Como até hoje elas nunca amoleceram, sempre firmes seja qual for o desafio encaram-no de frente.
Quando a mulher se alia a uma arte, ela vai além de ser mulher, ela se torna uma nova criatura, que causa muito mais encanto que seu próprio e natural encanto. A mulher arte, se torna admirada, invejada, respeitada, é um ser com o toque divino.
Seus toques, seus olhares, sua fala, até seu modo de sorrir já encanta de imediato, logo você nota que esta de frente a uma imensa mulher, perfeita. Qualquer forma de arte torna uma mulher incrível em uma mulher inesquecível, seja ela cantando, dançando, tocando, pintando, desenhando, enfim, tudo que seja arte a mulher será sempre única.
Querem exemplos? Quem não se encanta com cantoras, escritoras, atrizes, e bailarinas.
As musicas mais ouvidas geralmente são de cantoras: Amy Winehouse, Adele, Ivete, Elis Regina e outras, as famosas escritoras de Harry Potter da escritora britânica J. K. Rowling, ou Crepúsculo de autoria de Stephenie Meyer. E quando falamos da dança! Logo vem os movimentos precisos e graciosos das bailarinas, o encanto que elas passam quando exibem o largo sorriso ao dançar e grandes nomes.
Dançar! Uma força que move o ser humano, ao ouvir um ritmo pulsante já sente o corpo querendo acompanhar a musica, ninguém melhor para acompanha com seus quadris, seus braços, seu sorriso, seu encanto, do que a mulher, ela foi modelada para a dança, tudo nela corresponde de forma harmônica, suave, delicada, ela expressa todos seus sentimentos pela dança.
Ser mulher é ser divina, ser especial, ser forte, estar em harmonia com o universo e dele tirar sua energia, ser mulher é um presente dos céus, é estar mais perto do Criador, quando Este as admira com sua arte na terra.
Todas são mulheres de verdade, são amigas e companheiras para todo o sempre. São merecedoras do sucesso pleno em tudo que desejam fazer.
Deixo aqui meus parabéns a todas vocês que escolheram ser mulheres, o mundo é bem melhor com a presença de vocês nele.

RELEMBRANDO O PASSADO.

Quem nunca se encantou com o coral de Fata Morgana - 1987


Ou não saiu cantando e requebrando ao som de El Arbi do Khaled - apresentação recente de 2011.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

A CRITICA VIA YOUTUBE.


Por: Jamal Marzuq

 Eu já comentei aqui no Blog em um post do mês de Junho de 2011, sobre a critica. A critica é sempre bem vinda, mas a critica de quem realmente sabe aquilo que esta falando, ou seja a critica de outro profissional da mesma área.
Mas esta acontecendo uma critica no meio da dança do ventre que já venho escutando com certa freqüência sobre as bailarinas que postam seus vídeos no youtube, tem uma grande variedade de vídeos de dança do ventre postados nessa rede de vídeos, tem profissionais, amadoras, gente que não sabe dançar, enfim, esses dias até vi o vídeo de uma bailarina que em uma apresentação com a casa cheia, no primeiro rodopio sua saia cai (alfinetes sempre na mala, regra da bailarina, não se esqueçam), mas isso não foi no Brasil.
Mas vamos ao ponto que eu quero chegar sobre a critica do youtube, assistimos uma apresentação de uma bailarina, e logo já vem comentários, “ela ta fora de ritmo”, “olha só a música esta em uma batida e o quadril dela esta fazendo outra coisa”, “ela esta perdendo o compasso”. Gente, não da pra avaliar uma apresentação por vídeos postados na internet, é simples, os vídeos postados sofrem uma alteração de sincronismo, o som nem sempre acompanha a imagem, reparem nas falas, os lábios se movem diferentemente do som emitido, até em televisão às vezes isso acontece, o vídeo depende muito da qualidade em que foi gravado e também da sua internet que esta o baixando no momento e também quando se posta, no youtube por ser uma rede de milhares de acessos, sempre estará baixando os vídeos com algum retardo de imagem e som, milésimo de segundo que saia de sincronismo imagem e som é o suficiente para parecer que a bailarina esta fora de ritmo, lógico que isso só irá perceber quem é afinadíssima (o) com a dança do ventre.
Então quando verem um vídeo de dança do ventre com algumas falhas evite criticar, a não ser que tenha visto a apresentação do vídeo ao vivo, e que esta realmente tenha tido falhas.
Mas eu confesso que adoro assistir vídeos da interne de dança do ventre, e peço a todas maravilhosas bailarinas que continuem postando sempre.
Uma boa dança a todas.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

VENTRE.

Por: Jamal Marzuq

Ventre, balança ventre.
Bendito ventre, que acomoda em si vida.
Ventre, que encanta quando livre dança.
Ventre materno, que um dia fui preso dentro.
Ventre que me fez, que me sentia a todo o momento.
Ventre que hoje me enche os olhos, de fascínio aos seus ornamentos.
Ventre que imita serpente, mexendo de forma intensa com minha mente.
Ventre lindo, bailante, ventre puro, solto dançante.
Ventre que prende a ti olhares mistos, se revela por movimentos coriscos.
Ventre que baila ao comando de sua dona.
Ventre que solta-se, quando o batido o couro soa.
Ventre que segue o ritmo, ventre que generoso voa.
Ventre que bailarina o faz, ser lindo em sua pessoa.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

SER COMPANHEIRO DE BAILARINA DE DANÇA DO VENTRE.

                                                                                                              
                                                                                                                     Por: Jamal Marzuq

Ser namorado, noivo ou esposo de uma bailarina de dança do ventre, é ser um homem especial.
A bailarina de dança do ventre, esta sempre estudando, se apresentando em diversos locais, participando de concursos, fazendo cursos muitas vezes em outras cidades, enfim sempre indo de um lugar pro outro, mas e seus companheiros?
Uma pergunta fácil de responder. Estar ao lado de uma bailarina de dança do ventre e estar ao lado de uma mulher diferenciada de todas as outras, a magia da dança se une a elas e as tornam mulheres especiais, e sempre terão ao seu lado companheiros especiais, a sua altura.
O companheiro da bailarina sabe da paixão que ela tem pela arte da dança, e jamais se importara em ir as suas apresentações, de levá-la aos cursos, carregar suas “poucas” bagagens. Sabem aquelas “pequenas malas” e bolsas que levam consigo? Então! Ser o primeiro a chegar e o ultimo a sair, sempre estará na primeira fila a prestigiando com os olhos encantados, vidrados nas apresentações de sua bela companheira, pois tudo isso faz parte da vida da maravilhosa mulher que ele escolheu para si, e ele sabe da importância disso para ela e também para ele, pois quando você inicia um relacionamento com uma bailarina de ventre esta ciente que esta iniciando uma relação também com a dança, e geralmente foi isso que o encantou, pois estar ao lado de uma bailarina do ventre, é estar ao lado da mulher perfeita, me arrisco a dizer: Estar ao lado de uma Semi-deusa.
Felicidades a todos os casais envolvidos com a dança do ventre.
Muito amor e boa dança a todas.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

SORTEIOS NO BLOG.

Atenção Bailarinas do Ventre, no mês de Janeiro começam os sorteios no Blog do Jamal, para participar basta ser membro do Blog e você já estará automaticamente concorrendo aos sorteios, para o mês de Janeiro será sorteado um par de Snujs by Jamal Marzuq, de fabricação própria, participem.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

RELAÇÃO ENTRE OS BENEFÍCIOS CORPORAIS DAS ARTES MILENARES DANÇA DO VENTRE E KUNG-FU.

por: Francynne Martins.




A DANÇA DO VENTRE.

A dança do ventre é uma famosa dança praticada originalmente em diversas regiões do Oriente Médio e da Ásia Meridional. datada entre 7000 e 5000  A.C, cujo surgimento exato não se sabe ao certo .   
Originalmente o nome da Dança do Ventre é RAKS EL CHARK cujo significado é DANÇA DO LESTE este é o verdadeiro nome da dança árabe, porém os americanos achavam que para o cinema não convinha usar o nome dança do leste e há muitos anos quando os costumes orientais viraram “moda” eles trocaram o nome por BELLY DANCE que traduzindo significa “Dança do ventre”. Segundo SHAHRAZAD, a pioneira da Dança do Ventre no Brasil, Dança do Leste foi o nome dado a esta dança porque “significa onde o sol nasce, de onde a mulher recebe as energias e o poder do Sol”. A dança do ventre surgiu em cultos religiosos nos templos do antigo egito, nove mil séculos atrás as mulheres desenvolviam seus corpos energéicos através dos raios solares veneravam  Deus Rá(Pai Sol) e pelo fato de poder ser mãe , ou seja, serem dotadas naturalmente de útero e ovario, ela veneravam a Deusa Isis (Mãe lua)  que lhes dava sua benção. Por isso essa dança é chamada também de Ritual sagrado dos templos do antigo egito.
Dança do ventre, é a modalidade de dança que melhor simboliza a essência da criação, onde se agradecia o milagre da vida, louvando, com dança e oração, o prazer, o nascimento e a sensualidade feminina.
Com a invasão árabe e a conseqüente mistura de culturas, a dança do ventre foi disseminada pelos outros países obtendo outras influências na dança como por exemplo a do Balé clássico. Como dança milenar, é uma dança profunda, não merecendo que seja vista com vulgaridade ou banalidade.
A dança do ventre , de um modo geral, é extremamente importante como meio de diálogo, de reflexão e de possibilidades de revisão de conceitos, pois o respeito a si próprio e ao outro está presente em sua prática, que trás aprendizados que podem levar a transformações,concepções e princípios, na busca de uma construção mais significativa de nosso código de valores.
Quem a pratica exercita a técnica de fazer uma série de movimentos que obrigam mexer, desde os dedos das mãos até corrigir a postura.Nessa dança todo o corpo se movimenta e , por isso, é preciso trabalhar o corpo como um todo.
Essa dança, porém, não pode ser vista como um mero exercício: ela faz parte de uma tradição muito antiga, ligada ao culto da terra e do útero poderoso da deusa.
Os procedimentos da dança do ventre são sérios e merecem respeito das coisas transcendentais e sagradas..
 quem diga que ao dançarem as mulheres também se preparavam para serem mães, já que a movimentação da Dança do Ventre ajudava a fortalecer a região pélvica, facilitando o parto.
Raramente a Dança do Ventre hoje é praticada como um ritual religioso, mesmo que muitos ainda a vejam como uma prática sagrada. A característica mais evidente hoje da Dança do Ventre é cultural, artística e profissional.
Dizem que os movimentos dos braços eram inspirados nos animais, em especial o falcão, e o ventre permanecia exposto.
No século XVIII, o imperador francês Napoleão Bonaparte invadiu o Egito e ficou encantado com a dança do ventre. Desde essa época, a dança do ventre vem se fortalecendo como prática alternativa, devido a seus vários benefícios físicos e mentais.


O KUNG FU.
kung fu é arte na China (mas chamar o Kung Fu de sistema de luta seria uma ofensa, pois como transcende as barreiras políticas e religiosas ao redor do globo é considerada uma arte não só da luta mas a arte de se superar e de viver a arte do Kung Fu). Seus estilos surgiram das observações dos animais e através de outras metodologias, mas, no entanto, ninguém sabe ao certo quando surgiu. A história do Kung Fu é cheia de muitas lendas e ciladas que tornam qualquer tentativa séria de transmitir uma história compreensiva e puramente factual quase impossível. A principal razão para isto é que a história de uma pessoa é a lenda de outra. Há muito poucas provas documentadas para sustentar qualquer história de Kung Fu, já que a maioria delas passa de pai para filho, oralmente, sem qualquer documentação escrita para comprovar. Se um relato for puramente lenda, será registrado como tal aqui.A Hierarquia e a disciplina muito bem organizada refletem a sociedade chinesa, adversa do modo individualista ocidental.
O kung fu é considerado o “pai das artes marciais” ,pois através dele várias outras artes marciais surgiram.
Kung Fu  é uma palavra chinesa que, em forma coloquial, pode significar "tempo e habilidade", "trabalho duro", algo adquirido através de esforço ou ainda competência na luta corporal. O termo apropriado é “Wushu” e geralmente qualquer coisa que é chamado “Kung Fu” por ocidentais é realmente Wushu. Wushu é talvez a fundação de todos os sistemas asiáticos do leste da luta data de algumas autoridades seus começos toda a maneira de volta a 3000 A.C.
 


OS BENEFÍCIOS DAS DUAS ARTES ORIENTAIS.

Dança do ventre : reeducação postural, ativa a circulação sanguínea, flexibilidade e resistência . desenvolve coordenação motora e eixo de equilíbrio, aceitação de si, auto-estima, alivia o stress, percepção sensorial, agilidade mental, concentração e equilíbrio emocional respeitando os limites do corpo e mente.

Kung fu : Além da habilidade em combate e ganho de saúde o kung fu trabalha o desenvolvimento pessoal, advindo da disciplina, persistência e respeito aos limites; estrutura o corpo e a mente ajudando no equilíbrio psíquico, possibilita também o controle do estresse, de angústias, ajudando na concentração além, é claro, da defesa do corpo.
Na dança do ventre, Através de seqüências de movimentos secos e sinuosos como ondulações, batidas, shimmies (tremidos) e dinâmicas trabalhando a percepção sensorial, isso cria uma sensibilização na mulher, de forma que sua leitura musical é decodificada através de movimentos precisos e que a colocam em contato com seu interior, suas próprias emoções;no kung fu há uma combinação de ginásticas (acrobacias) completas de todo o corpo, na maioria das vezes seqüências de movimentos, chamados de Taolu ou formas, conhecidos vulgarmente como katis no Brasil, se bem desenvolvido, possibilita um equilíbrio corporal total, buscando a paz interior, aumentando a saúde e a qualidade de vida.No plano emocional, a dança do ventre atua na transformação das emoções da mulher, incutindo, em seu ser, mais feminilidade, mais leveza, mais suavidade e beleza, ao mesmo tempo em que trabalha a confiança e a segurança. A dança trabalha o desbloqueio de sentimentos reprimidos, ajudando a mulher a liberar verbalmente seus temores, e, no plano mental, o raciocínio torna-se mais ágil, estimula a memória e favorece maior concentração da atenção, despertando a consciência para o momento. O Kung fu possui estilos internos centrando-se sobre a energia da vida, técnicas circulares, uso das mãos podendo-se ensinar igualmente o foco de cura dos estilos externos na força muscular, técnicas lineares, uso dos pés, acondicionamento da velocidade e da força.Além disso o kung fu nos proporciona uma terapia baseada em respirações conhecida por tai chi chuan.
O Tai Chi Chuan é composto de movimentos circulares, concomitantes com respiratórios, que vão relaxando o corpo à medida que são efetuados, sem utilização de força física. A seqüência aprendida dos movimentos são contínuas, delicadas e circulares, desenvolvendo o alongamento do corpo e ativando a circulação do praticante, além de relaxar os músculos.
A Dança do ventre e o kung Fu através de diferentes métodos , treinamentos e desenvolturas, possuem um desenvolvimento humano tanto interior como exterior semelhantes atuando diretamente no psicológico e físico das pessoas proporcionando maior qualidade de vida, controle emocional, alivio de stress, aumento da auto-estima,aceitação de si mesmo, confiança, respeito ao próximo, fortalecimento muscular e valorização da vida.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

ENCAIXE DO QUADRIL: PRA QUÊ E PORQUÊ?

                                                                                                    
                                                                                  por: Glauci Cruz


A frase: “Vamos encaixar o quadril” na dança do ventre de início pode parecer uma mania chata da professora em estar sempre te corrigindo, pode também parecer algo não tão importante que parece só dificultar seus movimentos inicialmente, porém o encaixe é quase tudo na base técnica da belly dance.De início, é imprescindível dizer que ele é importante para proteger a sua lombar. No começo do aprendizado da dança do ventre batemos muito com as alunas em seqüências repetitivas dos mesmos movimentos, se não tivermos um cuidado absoluto com isso lesionaremos a lombar e outras regiões do quadril onde afetamos com as repetições. Posicionando o seu bumbum para dentro, temos uma estrutura mais fortalecida, ereta e preparada para a recepção desses movimentos inúmeras vezes sem agredir o nosso corpo.Falando mais esclarecidamente e explicando o que ocorre durante o encaixe no seu corpo eu posso dizer por utilizarmos muito o quadril na dança do ventre ele acaba sendo beneficiado por um fortalecimento na sua musculatura, promovendo um maior equilíbrio da estrutura corporal. Sabe-se que o quadril exerce uma função importante no corpo, é formado por músculos poderosos e bem equilibrados que não somente movimentam os membros, como também ajudam a manter a posição do tronco. A bacia se equilibra sobre o quadril e o peso do corpo será recebido na bacia, de duas formas: pelo sacro que recebe o peso do esqueleto e pelas asas ilíacas que recebem uma parte do peso das vísceras. Uma das funções desta região é oferecer uma base estável para os membros superiores. A estrutura corporal trabalha harmoniosamente com uma boa estabilidade que pode ser bem desenvolvida através dos movimentos de quadril.Agora que conhecemos tudo o que acontece com o encaixe do quadril durante a dança e os benefícios que obtemos seguindo essa regrinha chata que nós professoras vivemos falando em sala de aula fica mais fácil nos esforçarmos para manter o bumbum bem encaixado.


FONTE:http://glaucicruz.blogspot.com

A SAUDÁVEL GASTRONOMIA ÁRABE.


Quem pensa que só de kibe e esfihas vive a gastronomia árabe, se engana. Suas iguarias, além de um sabor exótico combinando grãos com verduras, legumes e frutas como damasco e romã, ou ainda as frutas secas e castanhas, são fontes de fibras e proteínas, com alto valor nutritivo.

A Coalhada  é um dos principais itens pra quem sofre de osteoporose e outras doenças causadas pela carência de cálcio, com alto valor nutritivo de 490mg para cada 100g e fósforo. Apesar de proveniente do leite a coalhada ajuda em casos de intolerância a lactose, já que, no processo de fermentação, as bactérias transformam a lactose em ácido láctico, que é facilmente digerível até pelos estômagos mais sensíveis.

A coalhada ainda contribui pelo equilíbrio do intestino, recupera e equilibra a flora intestinal, a presença de grandes quantidades de ácidos graxos (gorduras) provenientes do leite, faz da coalhada um alimento capaz de ajudar na redução do mau colesterol e, consequentemente, diminui os riscos de infarto, modula os desequilíbrios intestinais, a qualidade microbiológica da coalhada também auxilia na prevenção do crescimento de microrganismos patogênicos e agentes causadores de doenças, o que a faz ser conhecida como um alimento probiótico e imunomodulador, com capacidade até mesmo de ajudar a evitar cânceres.
Além das saladas, os pratos como kibe assado, michuis de frango, mignon ou kafta e abobrinha recheada encontrados no Folha de Uva também são ótimas opções de baixa caloria. O kibe é um dos elementos mais tradicionais da gastronomia árabe. Além de assado ainda pode ser servido cru, sempre preparado com trigo hidratado, carne moída e temperos, sendo uma saudável e diferenciada fonte de proteína. Vale lembrar que o costume de se preparar o Kibe Cru com hortelã se deve ao fato de que, antigamente, por ainda não existir geladeiras ou algo do tipo a hortelã era usada para preservar a carne.
Entre seus benefícios a hortelã reúne propriedades anti espasmódicas (aliviam as cólicas intestinais e biliares), calmantes, tônicas e anti-sépticas. É um costume árabe beber muito chá de hortelã, quente ou frio, pois além de ser refrescante, facilita a digestão e combate a formação de gases.
Entre a grande variedade de grãos presentes na gastronomia árabe, o Grão de Bico, que pode ser encontrado tanto em saladas como em pasta, Homus, é uma ótima fonte de proteínas, sais minerais e vitaminas, como complexo B e triptofano, essencial para a produção de serotonina, substância que dá a sensação de bem estar, sendo também conhecido como o grão da felicidade. Além disto, seu carboidrato possui baixo índice glicêmico, ou seja, ideal para quem tem diabetes. O Gergelim, base da pasta de gergelim, tahine, é encontrado em grande parte da culinária sírio libanesa e também se destaca por ser uma fonte de ácidos graxos insaturados, aqueles responsáveis pelo aumento do bom colesterol.
Seguindo receitas milenares a culinária árabe é extremamente saudável, se consumida com moderação,claro, proporcionando todos os macronutrientes sem risco de aumento de peso. Muito rica em cálcio e vitaminas é considerada a mais saudável do mundo e ideal para quem sofre de problemas nos ossos, já que o cálcio é a principal proteína encontrada nos ingredientes utilizados.
Outros pratos cheio de nutrientes são: o tabule (tomate, salsinha, pepino, hortelã e cebola com grãos de trigo), Babaganush (pasta de berinjela) e até os doces árabes, que são feitos com nozes, pistaches, damasco e castanhas, ricos em cálcio. O uso de vegetais como abobrinha, beringela, folha de uva, repolho, lentilha, entre outros, assim como carnes bovina, de frango e cordeiro, esta mais saudável que outras carnes vermelhas por seu alto valor nutritivo (vitaminas do complexo B, ferro, fósforo, cálcio e potássio), combinados com coalhada e saladas, resultam em pratos típicos que garantem uma alimentação saudável e equilibrada.

Uma curiosidade que vale a pena ressaltar é que todas as palavas em português começadas com “AL” são de origem árabe e, na culinária podemos encontrar: alface, alcaçuz, alcachofra, almeirão, alcaparra… entre muitos outros.

Fonte: Guia GPR

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

OS OLHOS NA DANÇA DO VENTRE.


Os olhos,

"Olhos que encantam quando juntos com o corpo dançam!
Olhos que embalam aos movimentos, quando o quadril balança!
Joga seus encantos, envolventes, meigos, simplismente seu feitiço lança!
Ó bailarina, que quando entra com seu véu. Escondendo o rosto, deixa apenas os olhos expostos, me olhando, observando,
sabendo que eles me encantam."  Jamal Marzuq


O poema que fiz acima diz um pouco do que é o olhar na dança do ventre, ele é o primeiro contato que temos com a bailarina, quando ela entra em cena geralmente coberta pelo véu deixando apenas os olhos descobertos, observando e sendo observados. É magico esse momento, apenas um olhar a bailarina ja prende todas as atenções a sí, o mistico olhar geralmente envolto em suas pesadas maquiagens, intimida, encanta, faz da bailarina um ser superior a todos naquele momento.
Quando inicia a dança, deixando cair o véu, revelando suas vestes belas, coloridas, fazendo um conjunto perfeito com a maquiagem que usa no rosto, realçando o olhar, seus quadris em movimentos perfeitos, acompanhando as batidas da musica, criando uma harmonia que encanta a todos.Quando fintados pelo olhar da bailarina que se aproxima bailando, ficamos paralizados presos no fundos dos olhos da bailarina, como se fosse um feitiço. Não imagino a dança do ventre sem o olhar da bailarina, sem o seu sorriso, sem o seu carisma.
Uma apresentação perfeita começa inicialmente pelo olhar, a bailarina deve sempre ter seu olhar como a primicia em sua apresentaçao.
Ufa! que dificil ser uma bailarina! É pés, quadril, mãos, braços, cabelos, roupas, e até o olhar para se preocupar! É porisso que são maravilhosas e encantam a todos quando se apresentam, bailarinas do ventre sejam sempre assim. completas!!!
Boa dança a todas.

ENCAMINHAMENTO PROFISSIONAL.

                                                                                                                                                                                                 por: Jamal Marzuq

Ola habibit's, quero falar um pouco sobre o encaminhamento profissional das alunas de dança do ventre, sabemos que a maioria das alunas de dança do ventre são completamente apaixonadas pela arte e a cultura que envolve a dança, sabemos também que todas tem desejo de se apresentarem em publico, é ai que entra a professora, mais do que ensinar a dança, suas tecnicas, cultura, a professora de dança do ventre é a responsavél também pela colocação da aluna no cenário da dança.
Cabe à Mestra dirigir sua aluna nessa etapa, mostrar os lugares corretos  à se apresentar, por se tratar de uma dança sensual, onde a feminilidade vem a flor da pele, a dança do ventre tem que ser tratada com maximo respeito e profissionalismo, não se dança a dança do ventre em qualquer lugar, é comum vermos festas onde apareçe do nada uma bailarina de dança do ventre fazendo uma apresentaçao, as vezes é aniversario de um amigo(a) e a bailarina quer oferecer de presente a sua dança ao aniversariante, mas muitas vezes o ambiente não esta propício a tal evento, os convidados ja estão um pouco passados no teor alcólico, ai é comum ouvirmos alguns  cometários desagradavéis a bailarina.
Se sabe que para uma bailarina, se apresentar é o momento maximo para ela, mas uma bailarina completa, profissional deve saber onde e quando se apresentrar, porisso cabe a professora instruir sua aluna sobre isso durante suas aulas, a aula não consiste apenas em ensinar a dançar, mas também em ensinar a ter ética.
Estava eu uma vez em um casamento, a festa ja rolava quando anunciam  que haveria uma apresentaçao de dança do ventre, logo começa a tocar a musica "Ya Helou Ya Zein" (adoro essa musica por sinal), e entra duas bailarinas em cena, com seus véus jogados aos céus, linda apresentação, que me encantou aos olhos e o coração, porém essa apresentação também me deixou triste após seu término, pois as bailarinas escolheram uma hora errada pra tal apresentação, se tivessem se apresentado logo no inicio da festa teria tido um efeito melhor, pois quando se apresentaram o publico ja estava um pouco acima do normal no nivel de alcool, e durante a apresentação muitos homens comentavam, não da dança, e sim dos atributos fisicos das bailarinas e com isso levantaram a ira de suas companheiras e outras mulheres, que passaram a falar mal da dança do ventre dizendo que era uma dança indecente, que jamais fariam uma dança assim, que as bailarinas estavam semi nuas, e outras bobeiras mais, teve também alguns mais exaltados que foram dançar juntos as bailarinas fazendo aquele "requebrar classico dos filmes de Aladin", enfim a apresentação foi maravilhosa, mas manchada por tais acontecimentos, porisso que digo, não se dança a dança do ventre em qualquer lugar, nós devemos preservar a dança do ventre de qualquer comentário que venha a ser ofensivo.
Professoras ensinem também as alunas onde se deve e que horas se deve apresentar-se, a dança do ventre se tornará muito mais forte se ensinada por completo, em técnicas e éticas.
Uma boa dança a todas.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

HOTEL NO DESERTO EM MARROCOS.

Marrocos oferece uma enorme diversidade de paisagens e características geográficas. Provavelmente uma das imagens mais conhecidas de Marrocos são as dunas do deserto de Saara na região da vila de Merzouga no sudeste Marroquino.
As Dunas de Erg Chebbi são dos lugares mais fascinantes de Marrocos e é um lugar obrigatório – não pode perder! Se alguma vez sonhou com um pôr-de-sol deslumbrante no deserto, a sua melhor escolha é nas Dunas de Erg Chebbi – Deserto Saara.
Uma boa dica é você se hospedar em um dos muitos hotéis que existem no deserto, com muito conforto, sinta-se um nomade vivendo em tendas em meio ao deserto.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

APRENDA A FAZER UMA LINDA LAMPARINA A OLEO.

Ola, com certeza muitas já devem ter se encantado com as lamparinas e luminárias árabes, que dão um charme todo especial ao ambiente, o deixando mais no clima oriental, sejam com velas ou óleo.
Neste vídeo vocês irão aprender a fazer uma luminária a óleo bem estilosa e facil de confecciona-la.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

ANATOMIA E CINESIOLOGIA APLICADAS À DANÇA DO VENTRE.

 
                                                                                                                          por: Luciaurea Faruk

As estruturas coluna, quadril e pé são muito importantes na prática da dança, sem comentar as outras como a cintura escapular, as articulações dos pulsos, das mãos e dos dedos, largamente utilizados em movimentos de ondulações diversas.

Na dança, o andar é aplicado de forma contrária ao do ciclo da marcha, em que o calcanhar contata a superfície do chão e em seguida, o apoio é transferido para o metatarso. O andar na meia ponta alta proporciona um ar de elegância, principalmente se o apoio é realizado do metatarso para o calcâneo, quando se utiliza o pé inteiro no chão.

É igualmente necessário compreender como ocorre o processo cinesiológico do corpo ao dançar. Não pensamos em como funciona nossa movimentação quando estudamos o corpo na dança. É preciso notar a movimentação pélvica na dança, e o impacto que esta causa na coluna. Na marcha natural, existe um movimento sutil onde uma ligeira rotação pélvica diminui a ondulação vertical, na qual a pelve oscila sobre o eixo da coluna lombar. Quer dizer que, durante o passo, o grau de compensação da pelve diminui o ângulo, entre a pelve e a coxa, e a perna e o solo. Isso significa que ocorre uma inclinação pélvica, um leve balanço. Podemos dizer que a perna de apoio sofre uma adução, e, que a perna em movimento, uma adução muito leve, estando fletida no quadril e joelho, para se erguer da superfície e iniciar um novo ciclo.

Na Dança do Ventre, isto ocorre de forma mais intensa, solta, e, ou, forte, em relação aos eixos do corpo. O shimmy na articulação do quadril ocasiona uma oscilação muito maior sobre o eixo da coluna lombar em que a pelve se movimenta. A inclinação pélvica é ainda maior no caso do Shimmy Soheir Zaki, e também temos uma adução considerável da perna de apoio.

A flexão do joelho durante a fase de apoio é imprescindível na marcha comum. Muito mais na Dança do Ventre. Na marcha comum, o joelho se estende quando o calcanhar toca o solo, iniciando a fase de apoio para a perna, e o corpo se desloca sobre o seu centro de gravidade com o joelho fletido, passando sobre o pé e o joelho, gradualmente, estendendo-se novamente, até uma nova extensão no fim da fase de apoio. A flexão aqui não é uma flexão grande.Trata-se apenas do relaxamento da articulação.

Na Dança do Ventre o deslocamento ocorre de forma contrária. Parte-se com o joelho levemente estendido com o metatarso tocando o solo, deslocando o corpo sobre o centro de gravidade, relaxando o joelho, quando o pé inteiro toca o solo.

É muito importante notar que se a conjugação de movimento entre joelho e tornozelo, relaciona-se com a ondulação da pelve na marcha normal, na Dança do Ventre isso acontece de forma mais visível. Na marcha comum, durante o apoio do metatarso, o tornozelo realiza uma planiflexão e gradualmente flete, em sentido plantar, para se estabilizar no chão enquanto o corpo se aproxima do centro de gravidade e o quadril tem tempo para se estabilizar novamente. Como na dança aplicamos o andar inverso, ou seja, da ponta para o calcanhar, obtemos maior leveza e uma diminuição de peso considerável para que a pelve ondule livremente numa amplitude maior.

A atividade muscular possui, então, um papel de grande importância para a realização do deslocamento, pois trabalham juntos, os músculos da coluna, quadril, abdome e perna.

É importante a conscientização de que tipos de movimentos e posturas do membro inferior afetam pelve e coluna. Podemos observar concretamente que todos os músculos, mesmo as cadeias musculares mais distantes deste ponto, são solidários, auxiliam uns aos outros, para a realização de uma marcha.

Uma outra coisa extremamente importante é a influência do estado psico-emocional no comportamento da estrutura.

Fazendo notar, que o estado psico-emocional de uma pessoa pode alterar a maneira como ela anda e utiliza o próprio corpo, podemos citar Feldenkrais, que disse certa vez "A única coisa que você pode mudar é a maneira como você faz o que você faz". Isso nos leva a pensar que a musculatura funciona através do hábito. A cada repetição de um movimento, o corpo se organiza e vai assumindo uma configuração específica que vai se confirmando no tempo.

Uma má mecânica da unidade pélvica na prática do shimmy, por exemplo, devido a uma prática inadequada ou excessiva, e o emprego contínuo e exagerado de forças, provoca desequilíbrios e sobrecargas anormais, gerando dor no quadril, joelho ou coluna. Desenvolvem-se síndromes e patologias em função do uso excessivo, das sobrecargas nas articulações, e a pessoa começa a sofrer restrições nos movimentos, fraquezas musculares e dores, que prejudicam o equilíbrio e o controle postural na dança.

Dentre as patologias que podem ser desenvolvidas estão a bursite, a lombalgia e a tendinite, que provocam dor, que pode ser sentida na parte lateral do quadril, podendo descer lateralmente pela coxa, indo até o joelho, ou ainda pode ser sentida na virilha, ou ainda ao redor da região dos ísquios ou lombar; e o desconforto pode ser sentido após um longo período, ao ficar de pé, assimetricamente com o quadril afetado elevado e aduzido, com a pelve caída sobre o lado oposto, ou ainda com a realização de flexões de quadril ou na posição sentada, e também durante a realização de um exercício que provoque extensão excessiva enquanto a musculatura estava se contraindo: e a execução de shimmies mal compreendidos, deslocamentos mal estruturados, ondulações da coluna que exijam um preparo que não foi respeitado ou desenvolvido, podem, infelizmente, levar ao desenvolvimento destas patologias.

Compreendamos que um ato mecânico, aparentemente simples, pode ser tão complexo, que envolve articulações, músculos, centro de gravidade, equilíbrio, sistema nervoso central e periférico, vida psicológica e emocional. Lembremos também que a postura está intimamente ligada à auto estima.

Vamos terminar este artigo com Moshe Feldenkrais, que expressou uma idéia muito aplicável a respeito do que é possível e impossível fazer: "Tornar o impossível possível, o possível fácil, o fácil elegante e esteticamente satisfatório".


Professora, escritora, dançarina, pesquisadora, psicanalista em formação, mestra Reiki, radiestesista e terapeuta (CRT 39514), Simone Luciaurea Coelho Barbosa (Luciaurea Faruk), desenvolveu-se em terapias corporais através da dança, sendo precursora da Geometria Corporal Expressiva – inspirada pela sua anterior formação em arquitetura. Trabalhou como coreógrafa e produtora cultural (DRT 27258).

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

ESSENCIAS PARA SUA SHISHA

por: Jamal Marzuq

Hoje no Brasil é dificil comprar Tabaco (essencia) para shisha de alta qualidade, como o El baraka, Starbuzz, Fumari, Tangiers,HookaH-HookaH, Romman e outros, mas existem 3 grandes tabacos de altissíma qualidade disponivel no mercado nacional, são eles de boa qualidade, longa duração e exelente sabor, chega a deixar a ponta da piteira adocicada, o Amaren, Al fakher e Mizo, todos os 3 são de qualidade superior a qualquer outro que voce encontra em nosso mercado de fumos,
o Al Fakher é encontrado em um preço muito elevado, em média R$ 8,50, por se tratar de um tabaco feito nos Emirados Arabes, seu preço acompanha os luxos da região, mas o Mizo que tem preço igual aos demais tabacos no mercado, é um fumo de qualidade idêntica ao Al Fakher e alguns de seus sabores muitas vezes superior, como o goiaba, melancia e menta, é feito no Egito pela Nakhla desde 1913.

O tabaco Amaren feito na Jordania é o melhor dos 3, de sabor unico, fumaça sempre densa e consistente, de longa queima, com um preço que varia entre R$4,50 e R$ 5,50.

Quando preparar sua Shisha use sempre agua limpa de preferencia com pedras de gelo, para refrescar bem a fumaça, tambem costumo misturar uma pitada de essencia de menta em todas as outras para dar uma certa refrescancia a mais.
Uma dica importante para se ter melhor qualidade em sua Shisha, use carvão Natural ou seja, de fibra de coco que não exalam cheiro nem gosto na essencia, uma boa marca é o COCONARA, mas tem carvao convencional o Abo Alabed que é um otimo carvão também.

TENHAM TODOS UMA REFRESCANTE SESSÃO DE SHISHA.